Berçário Domingos Martins

A equipe do GreenSteps®, na escolha de seus berçários leva em consideração variáveis como Condições Climáticas, Monitoramento Adequado e Plano de Plantio priorizando áreas de recuperação ambiental. Assim, escolheu e estabeleceu parcerias em regiões cujo diferencial é as condições ideais na produção e utilização dos quatro tipos de energias renováveis: a Eólica, Hidroenergia, Aeroenergia e Fitoenergia.

Localização:

Associação Internacional para a Evolução da Consciência – ARACÊ, na região de Aracê – remanescente brasileiro da Mata Atlântica, Domingos Martins, ES, Brasil.

Plano de Plantio

Nessa etapa do projeto, são utilizadas no plantio essências florestais nativas do Bioma Mata Atlântica, com plantio em três áreas distintas. Segue abaixo fotografia de satélite do Campus da Associação Internacional para Evolução da Consciência – ARACÊ, Domingos Martins/ES, Brasil. Em destaque as três áreas.

Imagem 01: Vista aérea da Associação Internacional para a Evolução da Consciência – ARACÊ. Destaque para as áreas de reflorestamento. Fonte: Imagem de satélite, Google Earth Image © 2010 DigitalGlobe, © 2010 Mplink/Tele Atlas – Imagem de 12 de maio de 2006.

ÁREA 1: Enriquecimento Florítico de Remanescente Florestal

Nesta área, devido as necessidades ambientais, não foi utilizado espaçamento fixo entre mudas e nem entre linhas. Por tratar-se de sítio de instalação dos Laboratórios Radicais da Heurística – Serenarium, prioriza-se o enriquecimento do remanescente próximo aos laboratórios, de modo a preencher os espaços existentes entre a flora já existente e os laboratórios conscienciológicos.

ÁREA 2: Recuperação de Área Degradada e Paisagismo

Para instalação da Vila Elliotis realizou-se obra de terraplanagem no local, e por esse motivo, medidas de recuperação foram tomadas, tais como: o retaludamento da área de intervenção (foi realizado o corte do terreno em dois taludes), desvios de águas de chuvas (superficiais) com valetas de drenagem e o plantio de espécies florestais no local, favorecendo a estabilização dos taludes. O plantio contempla árvores em linha única, em cada talude, com espaçamento entre mudas de 4 metros, conforme croqui abaixo.

ÁREA 3 – Reflorestamento da Mata Ciliar

O reflorestamento na área 3 contempla as proximidades do curso hídrico Córrego Dantas, em área de preservação permanente – APP, segundo o Novo Código Florestal Brasileiro (lei n° 4.771, de 15 de setembro de 1965). Os cursos hídricos são de extrema importância para o equilíbrio ecológico do bioma, sendo este, o principal motivo da escolha desta área para reflorestamento. As essenciais florestais são nativas das Mata Atlântica, com espaçamento entre linhas de 2 metros e espaçamento entre mudas de 2,5 metros, conforme croqui abaixo.

SELEÇÃO DAS MUDAS NATIVAS

Foram selecionadas 11 espécies nativas para plantio nas dependências do Campus ARACÊ, são elas:

  1. Mogno (Swietenia macrophylla). Foto Espécie 01.
  2. Embauba (Cecropia hololeuca). Foto Espécie 02.
  3. Ingá (Inga edulis). Foto Espécie 03.
  4. Angico (Anadenanthera macrocarpa). Foto Espécie 04.
  5. Abricó – do – Mato (Lecythis lúrida). Foto Espécie 05.
  6. Ipê ovo de Macuco (Handroanthus serratifolius). Foto Espécie 06.
  7. Sipipiruna (Caesalpinia pluviosa). Foto Espécie 07.
  8. Pau Ferro (Caesalpinia férrea). Foto Espécie 08.
  9. Canela (Aniba firmula). Foto Espécie 09.
  10. Ipê Branco (Tabebuia roseoalba). Foto Espécie 10.
  11. Paineira (Ceiba samauma). Foto Espécie 11.

REGISTRO FOTOGRÁFICO DAS ESPÉCIES NATIVAS